Entrar Cadastre-se
Esqueceu sua senha?
Meu carrinho
Meu carrinho

Dicas de segurança para trabalhar com circuitos elétricos ou com ferramentas e equipamentos elétricos.

Um ambiente de trabalho seguro nem sempre é suficiente para controlar todos os riscos elétricos em potencial. Você deve ser muito cauteloso e trabalhar com segurança. As regras de segurança ajudam a controlar o seu e outros riscos de ferimentos ou morte devido a riscos no local de trabalho. Hoje a dica é para você que estiver trabalhando em circuitos elétricos ou com ferramentas e equipamentos elétricos, vamos disponibilizar as as seguintes dicas de segurança:

Dicas de segurança para trabalhar com circuitos elétricos ou com ferramentas e equipamentos elétricos.

Vinte Dicas de Segurança .

Dica número 1

Evite o contato com circuitos elétricos energizados. Por favor, não tire sarro desta regra se você já sabe disso (e provavelmente já sabe se está lendo estas linhas ) e lembre-se de que, se algo ruim ocorrer - você provavelmente não terá segunda chance. Isso não é engraçado.

Dica número 2

Trate todos os dispositivos elétricos como se estivessem vivos ou energizados. Nunca se sabe as condições do equipamento.

Dica número 3

Desconecte a fonte de energia  antes de realizar serviços ou reparar equipamentos elétricos. 

A única maneira de ter certeza que realmente está desligado.

Dica número 4

Use apenas ferramentas e equipamentos (Alicates, Chaves de fenda, etc.) com alças não condutoras ao trabalhar em dispositivos elétricos.

Fácil de verificar, observe o material que reveste o cabo ou alça.

Dica número 5

Nunca use lápis ou réguas metálicas, nem use anéis ou pulseiras de metal ao trabalhar com equipamentos elétricos. É muito fácil esquecer essa regra, principalmente quando você mostra uma parte elétrica apontando com lápis metálico.

Esteja sempre atento.

Dica número 6

Quando for necessário manusear equipamentos conectados, verifique se as mãos estão secas e, quando possível, use luvas não condutoras, roupas de proteção e sapatos com solas isoladas.

Lembre-se: luvas, roupas e sapatos.

Dica número 7

Se for seguro fazê-lo, trabalhe com apenas uma mão, mantendo a outra ao seu lado ou no seu bolso, longe de todo material condutor. Essa precaução reduz a probabilidade de acidentes que resultam na passagem atual da cavidade torácica.

Se você já leu sobre a corrente que passa pelo corpo humano, saberá, lembre-se - trabalhe apenas com uma mão.

Se você não souber o caminho da corrente elétrica através do corpo humano, estaremos incluindo um artigo sobre o assunto. Você entende o que é choque elétrico? Que efeito Psicológico causa um choque elétrico?

Dica número 8

Minimize o uso de equipamentos elétricos em câmaras frias ou em outras áreas onde é provável a condensação . Se o equipamento precisar ser usado nessas áreas, monte-o em uma parede ou painel vertical.

Dica número 9

Se derramar água ou um produto químico no equipamento, desligue a energia no interruptor principal ou no disjuntor e desconecte o equipamento.

Muito lógico NUNCA tente remover água ou similar do equipamento enquanto estiver energizado. Afinal, é um risco a saúde fazer isso.

Dica número 10

Se uma pessoa entrar em contato com um condutor elétrico energizado, não toque no equipamento, cabo ou pessoa. Desconecte a fonte de energia do disjuntor ou retire o plugue usando um cinto de couro.

Situação complicada, e você deve estar muito calmo para não piorar a situação.

Como nas regras anteriores - sempre desconecte a energia PRIMEIRO.

Dica número 11

O equipamento que produz um “formigamento” deve ser desconectado e comunicado imediatamente para reparo, é comum escutar relatos de equipamentos que fica causando isto e não é substituido ou reparado imediatamente.

Dica número 12

Não confie no aterramento para mascarar um circuito defeituoso nem tente corrigir uma falha inserindo outro fusível ou disjuntor, particularmente um de maior capacidade. É comum ver relatos de situações onde o circuito está desarmando o disjuntor ou quimando fusível e ser instalado um maior ou substituido sem ter sido 

Dica número 13

Drene os capacitores antes de trabalhar perto deles e mantenha o curto-circuito nos terminais durante o trabalho para evitar choque elétrico.

Dica número 14

Nunca toque no equipamento de outra pessoa ou nos dispositivos de controle elétrico, a menos que seja instruído a fazê-lo.

Não seja apressado. Não tente a sua sorte.

Dica número 15

Coloque todos os contatos e condutores elétricos para que ninguém possa entrar em contato acidental com eles.

Se aplicável, faça-o sempre, se não for muito cuidadoso.

Dica número 16

Nunca manuseie o equipamento elétrico quando mãos, pés ou corpo estiverem molhados ou suando, ou em pé sobre um piso molhado.

Lembre-se: Luvas e sapatos

Dica número 17

Quando for necessário tocar em equipamentos elétricos ( por exemplo, ao verificar motores superaquecidos ), use as costas da mão. Assim, se um choque acidental causasse contração muscular, você não " congelaria " o condutor.

Não use roupas folgadas ou gravatas próximas a equipamentos elétricos. Aja como um engenheiro elétrico, você não está na praia.

Dica número 18

Não armazene líquidos altamente inflamáveis perto de equipamentos elétricos.

Dica número 19

Esteja ciente de que os intertravamentos no equipamento desconectam a fonte de alta tensão quando a porta do gabinete está aberta, mas a energia dos circuitos de controle pode permanecer ligada.

Leia o diagrama de linha única e os esquemas de fiação - conheça seu quadro de distribuição.

Dica número 20

Desenergize os circuitos e equipamentos experimentais abertos para ficar sem supervisão.